A importância da cibersegurança para evitar golpes no setor financeiro

O setor financeiro tem sido uma das principais vítimas de golpes e ameaças virtuais, especialmente durante a pandemia. Saiba como se proteger.

07/06/2022 Aprox. 6min.
A importância da cibersegurança para evitar golpes no setor financeiro

Nos últimos anos, a necessidade de distanciamento social e a popularização do trabalho remoto aumentaram a superfície de ataques cibernéticos, bem como as vulnerabilidades das empresas. O setor financeiro tem sido uma das principais vítimas de ameaças, o que demanda a criação de um plano estruturado de resposta a incidentes.

Nesse cenário de transformação digital acelerada e aumento na digitalização de serviços, muitos bancos e instituições financeiras de grande porte vêm sendo vítimas de constantes ataques de negação de serviço (DDoS). Além disso, os usuários finais continuam sendo impactados com campanhas de phishing e outros golpes usados para roubar dinheiro ou clonar cartões de crédito.

Um tipo de ataque virtual que está se tornando cada vez mais comum e que pode resultar em grandes perdas financeiras e roubo de informações sigilosas é o Business E-mail Compromise (BEC), ou Ataque de Comprometimento de E-mail Corporativo, que pode ter como alvos empresas de qualquer setor.

Este tipo de fraude é direcionado às caixas de entrada do mundo corporativo, atacando os e-mails comerciais com o objetivo de vazar informações confidenciais, desviar recursos financeiros e prejudicar a reputação da empresa.

Neste golpe, o cibercriminoso se passa por um funcionário, diretor ou CEO da companhia e envia um e-mail tentando induzir funcionários, clientes e parceiros a executar algo, como uma transferência de dinheiro ou envio de documentos importantes, por exemplo.

Inicialmente, os criminosos usavam contas hackeadas para se comunicarem com os alvos, mas atualmente eles podem agir utilizando um remetente de e-mail falsificado, manipulando o cabeçalho e assinatura da mensagem ou usando um domínio parecido com o verdadeiro.

Outra possibilidade é de os ciberataques explorarem vulnerabilidades em clientes de e-mail ou roubarem as credenciais de acesso via phishing, uma estratégia de engenharia social muito comum que pode gerar prejuízos milionários às corporações.

Em geral, as mensagens costumam parecer reais e têm a aparência de um e-mail corporativo verdadeiro. Além disso, muitas vezes os destinatários não analisam os detalhes do documento e deixam passar despercebidos os sinais de fraude.

Por que contar com soluções em cibersegurança antes, durante e depois do incidente?

O fator humano é essencial para evitar ciberameaças, pois, mesmo que a empresa tenha práticas avançadas em cibersegurança, é preciso que as soluções sejam acompanhadas de uma cultura de proteção dos dados.

Uma forma de fazer isso e evitar as potenciais ciberameaças no setor financeiro é treinar as equipes para garantir a continuidade dos negócios, especialmente com os executivos C-Level.

Uma equipe de cibersegurança pode contribuir para a preparação dos profissionais, seja ensaiando cenários de simulação ou mesmo ajudando-os na criação de boas práticas e hábitos de higiene cibernética.

Esses profissionais também prestam uma assessoria importante em casos de vazamentos de dados, evitando a tomada de decisões precipitadas ou sem todas as informações necessárias para impedir danos ainda maiores.

Além de um plano bem estruturado de resposta a incidentes, também é fundamental que a empresa tenha uma infraestrutura de cibersegurança pensada a longo prazo e com soluções que funcionem remotamente.

Antes de optar por uma solução, é preciso realizar testes, analisar a privacidade de dados, políticas em dispositivos pessoais, entre outros fatores que podem causar brechas e tornar toda a rede corporativa vulnerável.

No setor financeiro, esse planejamento de diversos cenários e resposta a incidentes é ainda mais importante, pois houve um aumento nos casos de golpes e ameaças virtuais nos últimos anos, visando tanto os colaboradores quanto o usuário final.

Conheça nossa solução de proteção de e-mails da IRONSCALES, sistema que monitora em tempo real os e-mails recebidos, detectando com elevada taxa de acertos quando um e-mail de phishing ou spam é direcionado à sua empresa.

Com soluções adequadas de cibersegurança, é possível manter a organização protegida e evitar a ocorrência de golpes e ameaças virtuais. Para saber mais sobre gestão de vulnerabilidade e a adoção de um plano de análise e correção, confira o texto no nosso blog.

Carlos

Carlos

CTO

Engenheiro Eletricista e Mestre em Desenvolvimento de Tecnologias, Especialista em Cybersecurity, com atuação no desenvolvimento de projetos de instalações elétricas e automação predial, segurança eletrônica, eficiência energética e conservação de energia na área predial. Desenvolvimento de sistemas de supervisão e controle predial e residencial (BMS).


Posts relacionados

Como fortalecer a segurança cibernética em setores críticos?
Cybersecurity
Saiba mais
11/04/2024 Aprox. 9min.

Como fortalecer a segurança cibernética em setores críticos...

Descubra soluções para identificar vulnerabilidades e implementar medidas de segurança cibernética para proteger informações vitais contra ameaças.

Além dos antivírus: a eficiência da prevenção por decepção
Cybersecurity
Saiba mais
28/03/2024 Aprox. 6min.

Além dos antivírus: a eficiência da prevenção por decepção

Prevenção por decepção na defesa cibernética: uma abordagem que redefine as fronteiras da segurança digital.

Explorando as 6 camadas da segurança cibernética: soluções adequadas para cada desafio
Cybersecurity
Saiba mais
18/03/2024 Aprox. 7min.

Explorando as 6 camadas da segurança cibernética: soluções adequadas para cada desafio

Em um mundo onde as ameaças evoluem constantemente, a implementação eficaz das 6 camadas de cibersegurança é urgente. Saiba mais neste artigo.