Pentest eficiente, segurança permanente: o papel da análise de risco na defesa cibernética

Explore a essência da cibersegurança contínua com a análise de risco e ferramentas avançadas de pentest, como a Pentera.

09/01/2024 Aprox. 5min.
Pentest eficiente, segurança permanente: o papel da análise de risco na defesa cibernética

As análises de risco desempenham um papel crucial na manutenção de uma postura robusta de cibersegurança dentro de uma organização. Esses procedimentos envolvem uma avaliação profunda dos ativos, vulnerabilidades e ameaças internas e externas. 

A análise de risco, na forma de teste de penetração, é um pilar fundamental da estratégia de cibersegurança, visando avaliar as vulnerabilidades e ameaças presentes nos ambientes e sistemas de uma organização.

Quais são as principais ameaças de risco interno em uma empresa?

As ameaças de risco interno em uma empresa podem surgir de diversas fontes, envolvendo tanto ações maliciosas quanto comportamentos inadvertidos por parte dos colaboradores, como vazamento de dados, ataques de engenharia social, uso indevido de dispositivos e recursos, entre outros.

Além disso, a falta de conscientização ou práticas inadequadas de segurança por parte dos colaboradores pode resultar em ações negligentes, como deixar dispositivos desbloqueados ou compartilhar informações sensíveis sem precauções adequadas.

Como acontecem as análises de risco?

O pentest manual e o pentest automatizado são abordagens distintas na avaliação da segurança de sistemas. O pentest manual envolve a intervenção de especialistas em segurança que utilizam sua experiência e criatividade para identificar vulnerabilidades e explorar possíveis brechas no sistema alvo. Esta abordagem oferece uma compreensão aprofundada do ambiente, permitindo a detecção de falhas complexas que podem passar despercebidas em testes automatizados.

Por outro lado, o pentest automatizado utiliza ferramentas e scripts para realizar verificações rápidas e abrangentes em larga escala. Embora eficiente para identificar falhas comuns, o pentest automatizado pode não capturar nuances ou vulnerabilidades específicas que requerem análise humana. Em última análise, a combinação de ambas as abordagens, integrando a expertise humana com a eficiência da automação, proporciona uma avaliação de segurança mais completa e abrangente.

Como a Pentera pode ser uma grande arma na mitigação de riscos?

A Pentera, uma plataforma líder em teste de segurança automatizados, oferece uma abordagem abrangente para realizar análises de risco nos ambientes das organizações. Com foco na segurança ofensiva, a Pentera utiliza técnicas avançadas para realizar ataques controlados e explorações reais, identificar vulnerabilidades e fortalecer as defesas das organizações, como:

1. Realização de ataques controlados:

A Pentera vai além da simples identificação de vulnerabilidades, com ataques éticos realistas para identificar ameaças. Essa abordagem fornece uma visão prática de como os ataques atuam no mundo real.

2. Varredura abrangente de vulnerabilidades:

A plataforma realiza uma varredura abrangente nos endpoints e ambientes, identificando vulnerabilidades existentes e potenciais pontos de exploração. Essa análise minuciosa é essencial para fortalecer as defesas contra ataques cibernéticos.

3. Identificação de ameaças internas e externas:

A Pentera não se limita a ameaças externas. A plataforma também simula ameaças internas, considerando comportamentos inadequados de usuários e potenciais lacunas nos processos internos.

Por fim, a Pentera gera relatórios detalhados que destacam as vulnerabilidades identificadas, as ações realizadas durante os testes, a gravidade das ameaças e recomendações específicas para mitigação.

Além de identificar vulnerabilidades, os testes contribuem para a melhoria contínua da postura de segurança da organização. As recomendações fornecidas nos relatórios de teste orientam a implementação de medidas corretivas e práticas de segurança mais robustas.

Assim, ao utilizar a Pentera em testes de análise de risco, as organizações se beneficiam de uma plataforma integrada e abrangente que realiza testes de penetração de automatizados, 24 horas por dia, 366 dias por ano, identificando reais vulnerabilidades exploráveis de forma proativa e detalhando o caminho utilizado para realizar a exploração.  

Aliar o uso da plataforma Pentera com a estratégia de pentest tradicional trará a visão real de risco de cibersegurança da sua organização.

Quer saber como é uma análise de risco interno usando o Pentera? Deixe seu domínio aqui e nós faremos um relatório completo para você. 

Carlos

Carlos

CTO

Engenheiro Eletricista e Mestre em Desenvolvimento de Tecnologias, Especialista em Cybersecurity, com atuação no desenvolvimento de projetos de instalações elétricas e automação predial, segurança eletrônica, eficiência energética e conservação de energia na área predial. Desenvolvimento de sistemas de supervisão e controle predial e residencial (BMS).


Posts relacionados

Como fortalecer a segurança cibernética em setores críticos?
Cybersecurity
Saiba mais
11/04/2024 Aprox. 9min.

Como fortalecer a segurança cibernética em setores críticos...

Descubra soluções para identificar vulnerabilidades e implementar medidas de segurança cibernética para proteger informações vitais contra ameaças.

Além dos antivírus: a eficiência da prevenção por decepção
Cybersecurity
Saiba mais
28/03/2024 Aprox. 6min.

Além dos antivírus: a eficiência da prevenção por decepção

Prevenção por decepção na defesa cibernética: uma abordagem que redefine as fronteiras da segurança digital.

Explorando as 6 camadas da segurança cibernética: soluções adequadas para cada desafio
Cybersecurity
Saiba mais
18/03/2024 Aprox. 7min.

Explorando as 6 camadas da segurança cibernética: soluções adequadas para cada desafio

Em um mundo onde as ameaças evoluem constantemente, a implementação eficaz das 6 camadas de cibersegurança é urgente. Saiba mais neste artigo.